quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Meu tesouro!

Olhando essas fotos os desafios ficam tão pequenininhos e vejo como a vida é boa tendo eles comigo! é uma fase de muito trabalho onde eu sei que é importante incutir neles hábitos que eles vão carregar para o resto da vida, eh um desafio porque sei que para eles serem bons exemplos eu devo ser também, tenho que viver tudo aquilo que quero que eles aprendam. Isso me faz uma pessoa melhor do que antes de ser mãe, é um desafio bem grande aprender a mudar a mim mesma e saber que isso é necessário para que eu toque a vida dos meus filhos. Quando o dia termina sei que todo sacrifício pra ter eles valeu a pena. Poder ver eles crescendo e se desenvolvendo é uma benção muito grande e a melhor coisa foi ter casado com o meu melhor amigo e ter ele como meu companheiro em todos os momentos, isso torna a vida mais leve! Amo vocês...


Quique depois da igreja!!! 


 Pra que brincar com os brinquedos se eu posso me esconder nas gavetas?! 

 Um mimo de mim para mim mesma!


Caipirinha mais gato da festa!!

 Gente, ela fica linda de qualquer jeito! mas nesse dia se superou na fofura!!! Princesa!!!

Aproveitando um deliciosa tarde de férias com os amiguinhos no parquinho!!! com direito a lanchinho!!!

 "Ajudando" a varrer as folhas da calçada!

 Uma supresa do maridão!!! é assim que se agrada uma grávida!



Como são lindo né, cara de um focinho do outro hauhauha





 Essa é a lulu aprendendo a brincar de esconde-esconde hahaha





Esse é o nosso 3º bebezinho!!! é um menino estamos em processo de negociação com o nome do piá!


quarta-feira, 11 de junho de 2014

Eu queria me retratar mas não posso!

Quando eu escrevi o último post há alguns meses atrás eu estava tão feliz e tão confiante com tudo o que eu estava conseguindo fazer, um mês conseguindo fazer tudo o que era possível, mas com dois filhinhos pequenos as coisas não iriam no ritmo que eu estava prevendo. Eu nem me lembro ao certo o que aconteceu, mas foi uma situação caótica atrás da outra, a casa sempre revirada, crianças o dia inteiro grudados comigo, lembro que o verão tinha chego com força total e eu não tinha ar-condicionado e eu estava ficando quase louca com o a sensação térmica de 50ºC, era um calor que não dava trégua nem a noite, se pra mim estava ruim imagina paras as crianças! tinham dias que elas choravam o dia inteiro e nada aliviava, o começo do ano foi bem difícil e eu tinha vontade de sair correndo de Joinville. Nessa mesma época o Henrique estava mega grudado comigo, eu não podia cozinhar ou juntar nada sem que ele estivesse gritando horrores, na minha casa a rotina sempre era exaustiva sem que eu pudesse sair de casa por causa do calor e da mão de obra pra sair sozinha com os dois. Eu estava tentando sobreviver todos os dias, estava ficando pra baixo e triste porque não era desse jeito que eu queria me sentir com as crianças, sempre exausta e nervosa. Enfim, eu não estava nada bem e todos os dias eu me lembrava do maldito post que eu mesma tinha escrito de que SIM É POSSÍVEL FAZER TUDO O QUE NOS PEDEM. hahaha eu me odiei por ter escrito aquilo toda vez que eu lembrava dele!!! Mas enfim, a bonança chegou, as coisas tem cada dia estrado nos eixos, depois de orar muito junto com o Rafael, estabelecer novas metas e uma nova rotina mais equilibrada, férias em fortaleza, Lulu indo para a escola, Henrique ficando mais independente, Muay-Thai com o maridão 3 vezes por semana, tendo um tempinho pra se exercitar e ficar juntos sem as crianças nos deram mais ânimo e voltamos a ver as bençãos e sentir a alegria de ter a vida que temos. Em um daqueles dias bem difíceis entrei no mormom channel e coloquei num vídeo  sobre "Como manter a sanidade em um lar com crianças pequenas" parecer maldade mas a mensagem foi ótima, a mulher é alguma coisa da presidência geral da primária e ela contou como foi pra ela essa época em que os filhos dela eram pequenininhos, e ela falou algo que eu nunca mais vou me esquecer, que o mais importante que nós devemos fazer como mães é ensinar o evangelho aos nossos filhos, ensiná-los a orar todos os dias, fazer a reunião familiar todas as semanas, jejuar, ler as escrituras diariamente, isso deve ser a prioridade em nossa vida nisso devemos tentar ser perfeitos todos dias o restante vamos fazendo na medida do possível, sempre um pouco a cada vez. Pra mim isso tem sido o grande desafio da maternidade, fazer mesmo que seja pouco mas sempre fazer! A constância em cumprir os mandamentos, na organização do lar e de realizar meus projetos no ritmo da criação dos meus filhos, achar o equilíbrio saudável para tudo, vai ser certamento o desafio de uma vida inteira.

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

"Nos pedem coisas demais"

Com um pouquinho de vergonha eu digo q foi isso q eu pensei quando o Rafael (Meu marido) disse que deveríamos voltar a fazer armazenamento e começar a fazer nossa genealogia...eu falei "Poxa Rafa eu tenho que cuidar de tudo aqui em casa, das crianças de você eu não vou conseguir fazer tudo isso nesse momento da minha vida" mas depois eu pensei um pouco melhor e vi q devia pelo menos fazer uma tentativa. Peguei a Liahona de Agosto e fui anotando tudo o que nos era pedido para fazer nos discursos e montei uma lista de metas para eu cumprir durante a semana.

- Ler as escrituras
- Ler a Liahona
- Orar 3 vezes ao dia
- Escrever no diário (Meu e das crianças)
- Armazenamento
- Ser Professora Visitante
- Ajudar como fundo missionário
- Genealogia
- Reunião Familiar
- Aprender algo novo (se possível toda semana)
- Ter uma casa limpa e organizada

Com essas metas delimitadas organizava minha rotina e escrevia tudo em uma agenda, a famosa "To Do List". Na minha cabeça eu iria despender muito tempo em cada tarefa, na verdade fui ficando ansiosa demais e no 3 dia quase pirei de ansiedade porque acabei gastando mais tempo do que devia com algumas atividades e acabei não conseguindo ter ânimo pra organizar a casa do jeito que gosto então acabei ficando desanimada. Depois de uma semana assim fiquei conversando com o Pai Celestial..."Senhor eu tenho q arrumar os quartos, lavar a roupa, limpar o chão da casa toda e ainda tenho 3 cestos de roupa pra passar, tem algum jeito de eu conseguir dar conta de fazer tudo?...Ai Senhor desculpa, nem devia ta te falando das tarefas domésticas pra vc!" Hehehe desabafei enquanto amamentava o Henrique, no mesmo dia eu fui falar com a minha amigona Etiene (Que agora ja é mãe de 3 meninos) e falei q tava a maior correria aqui em casa e que não sabia como eu poderia dar conta de tudo então e me falou da "FLY LADY BRASILEIRA" foi a resposta daquele desabafo com o Pai Celestial. ela da dicas de otimização de tempo! uma das coisas que eu mais gostei foi sobre colocar tudo que precisamos fazer no papel, inclusive se arrumar, comer e tal; e também de que podemos fazer muita coisa em 15 minutos e ir dormir com a Pia limpa! nossa...isso me ajudou a sair do atoleiro de coisas q estavam me atrasando. é claro que eu peguei algumas dicas principais e adaptei a minha realidade e posso dizer agora que É POSSÍVEL FAZER TUDO O QUE NOS PEDEM, claro que não tudo de uma vez, e tem aqueles dias q o trabalho não rende nada, mas no geral fazendo um pouco todo dia organizando e distribuindo durante a semana dá pra conciliar muitas coisas. eu inclusive estou fazendo um curso de Designer Gráfico 2 noites por semana que é maravilhoso e tenho cuidado bem melhor das crianças, posso dizer com orgulho que raras as vezes eu perdi a paciência com os pequenos nesse 1 mês de organização, porque eles estão muito mais calmos, a Luiza então está radiante e até a fala dela está se desenvolvendo mais rápido. Termino o dia bem cansada mas muito mais feliz que antes por saber q eu estou bem melhor espiritualmente e minha família também.



Bjos

domingo, 11 de agosto de 2013

"Você não é apenas uma mãe"

Têm algumas manhãs em que eu estou catando cereal do chão ou limpando leite derramado no chão e olho para a televisão e vejo meus velhos amigos contando alguma história de algum lugar do mundo e penso "oh que foi que eu fiz?!"(..)
Um dia eu podia estar entrevistando o presidente e em outro a Martha Stewart (...) Foi incrível!
Uma vez que você deixa a Tv é muito difícil conseguir voltar, tiveram pessoas me dizendo que eu estava louca, que estava fazendo a pior escolha da minha vida. Eu nunca comparo as minhas escolhas com de outra pessoa. por que cada um toma decisões baseadas em suas próprias circunstâncias e desejos. Eu sempre quis ser uma mãe, eu queria ter uma família e esse era o meu sonho. Minha decisão de deixar minha carreira e ser uma mãe durante este período é algo que eu faria de novo e da mesma maneira. Ter isso agora depois da experiência de trabalhar na rede de notícias e televisão por muitos anos, é algo que eu agora valorizo muito. Quando eu ouço uma jovem mãe dizer "Oh, Eu sou apenas uma mãe" ou "Eu costumava fazer tal e tal coisa, mas agora eu sou apenas mãe" e eu digo "Não você não é, VOCÊ É MÃE". Não quer dizer que você não consegue se sobressair, ou que você não consegue alcançar, o que você faz na sua casa e o trabalho que você faz com as suas crianças é o trabalho mais importante que você poderia fazer. Você não é somente uma mãe. Você É uma mãe. Eu sou uma mãe!!! Eu não trocaria esses momentos, esses momentos preciosos, é uma época em minha vida que irá embora junto com meus filhos, dentro de alguns anos.
Meu nome é Jane Clayson Johnson, eu sou motorista de Taxi, cozinheira de macarrão com queijo, uma ajudante de dever de casa, conserto dodóis, sou uma jornalista e eu sou uma MÓRMOM!

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Viver Previdente


video

Achei ótimo o vídeo pena que não achei legendado nem dublado, mas ele eh sobre uma mulher que decidiu fazer armazenamento de comida mas ficou preocupada por morar numa casa muito pequena mas memso assim decidiu fazer e então passou a guardar seu armazenamento por toda a casa, debaixo das camas e dentro dos armarios. ela diz se sentir feliz e segura caso alguma coisa aconteça! adorei!

Economizar dinheiro e comida é algo que todos vamos precisar em algum momento, é muito importante ter uma poupança e um armazenamento de comida no qual possamos guardar um pouquinho todo mês, não precisam ser grandes quantidades, o importante é começar e continuar sempre. Nunca se sabe quando vamos ter uma doença na família ou perder o emprego. Mas existem situações em que se tem o dinheiro mas não há o que comprar com ele, digo isso porque quando ocorrem desastres naturais o dinheiro no banco não vai encher a sua barriga amigo então é importante também ter um estoque de comida em casa e aguá. Armazenar comida nos ajuda em tempos de privação financeira também então tem algumas coisas sobre isso que eu gostaria de compartilhar sobre armazenamento. Eu não sou nenhuma especialista no assunto mas pude aprender sobre isso na igreja,  eu e minha família pertencemos a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e uma das coisas que nós aprendemos é que devemos viver de maneira responsável e previdente fazendo uma reserva de dinheiro e alimentos e esse é um conhecimento que todo mundo deve ter independente de religião.


Suprimento para três meses

food storage

Comece com alguns alimentos que façam parte da sua alimentação diária. Uma maneira de fazer isso é comprar alguns itens extras em suas compras semanais para fazer um armazenamento suficiente para uma semana. Depois, você pode aumentar gradualmente seu armazenamento até que seja suficiente para três meses. Esses itens devem ser rodado regularmente para evitar a deterioração. Fonte

Para quem sabe inglês ou sabe usar o google tradutor visite esse site que fala como armazenar alimentos por mais de 30 anos! 

Aguá Potável 

water

"Armazene água potável para as circunstâncias em que o abastecimento de água possa ser poluído ou interrompido". Fonte

Sobre isso eu sei algumas coisas que aprendi vendo outras mulheres que mantinham um armazenamento fazendo:
  • Para beber: Comprar garrafas PET de água mineral que tem uma validade geralmente de 9 meses, Nunca esqueça de verificar a data de validade. Esses itens devem ser rodado regularmente para evitar a deterioração. 
  • Para higiene: guardar água em garrafas de água sanitária.

Pesquisando em um site eu achei essas dicas:

  • Guarde garrafas de água para situações de emergência. Planeje ao menos oito litros de água por dia para fazer higiene pessoal, para beber e para misturar com comida e bebidas.
  • Armazene água da torneira para cozinhar por até seis meses em garrafas de refrigerante limpas de dois litros, devidamente higienizadas. Utilize quatro colheres de sopa do cloro inodoro misturadas com três litros de água para higienizar as garrafas.
  • Enxágue a mistura de cada garrafa com água fresca. Encha novamente a garrafa com água da torneira. Para limpar a água, adicione quatro gotas de cloro inodoro para uso caseiro em cada garrafa.
  • Feche bem as garrafas. Marque cada uma delas de acordo com a data do preparo. Armazene água em um local seco e ventilado por até seis meses.

Reserva Financeira

  • Evitar dívidas: Gastar menos dinheiro do que você faz é essencial para a sua segurança financeira. Evitar dívidas, com exceção da compra de uma casa modesta ou pagar por educação ou outras necessidades vitais. Se você estiver em dívida, pague-a o mais rápido possível. Algumas ferramentas úteis para se tornar livre da dívida são um calendário de eliminação de dívidas e uma planilha de orçamento familiar.
  • Distinguir entre necessidades e desejos: Temos de aprender a distinguir entre desejos e necessidades. Devemos ser modestos em nossas necessidades. É preciso auto-disciplina para evitar a filosofia "Compre agora, pague depois" e adotar a "salvar agora e comprar mais tarde" .
  • Estar e manter-se fora de Dívidas: Devemos evitar o endividamento. Não há nada que gere maior tensão na vida do que uma dívida, o que fará de você um escravo dos credores. Um objectivo específico, um planejamento cuidadoso, e determinou a auto-disciplina são necessárias para alcançar este objetivo.
  • Use um Orçamento: Mantenha um registro de suas despesas. Gravar e rever as receitas e despesas mensais. Determinar a forma de reduzir o que você gasta com o que é desnecessário. Use essas informações para estabelecer um orçamento familiar. Planeje o que você vai dar de doações da Igreja, o quanto você vai economizar, e o que você vai gastar para alimentação, habitação, serviços públicos, transporte, vestuário, seguros, e assim por diante. Discipline-se para ficar dentro do seu plano de orçamento. A planilha de orçamento é uma ferramenta útil para ajudá-lo com seu plano.
  • Construa uma Reserva: Aos poucos, construir uma reserva financeira, e usá-lo apenas para emergências. Se você guardar um pouco de dinheiro regularmente, você vai ser surpreendido quanto se acumula ao longo do tempo.
  • Ensine os Membros da Família: Ensine os membros da família os princípios da gestão financeira. Envolvê-los na criação de um orçamento e estabelecimento de metas financeiras da família. Ensinar os princípios de trabalho árduo, frugalidade e poupança. Salientar a importância de se obter o máximo de instrução possível.




Beijos =)



segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Henrique nasceu! 08/04/2013

Pois é o Henrique Já tem quase 4 meses e eu não tive mais tempo de escrever no Blog! 2 Filhos trazem muitas alegrias mas da muita canseira, é difícil manter a vida em geral em ordem, conciliar tudo tem sido um aprendizado muito grande pra mim, porque sei q pra tudo temos q ter equilíbrio! O parto fui super tranquilo e rápido e a recuperação tb, Só digo uma coisa se vc tem vontade e boa saúde e paciência tente parto normal, cirurgia não é uma coisa muito agradável, fiz por causa da logística do anticoagulante e tal...mas não gosto de ficar toda estrebuchada hehehe e olha q eu me recuperei suuuper rápido! mas enfim no final das contas o cordão do menino era curto e o médico falou "ainda bem q vc não tenteu pq vc acabaria na cesária mesmo!"




Lulu não curtiu muito o neném, agora ela até q gosta dele, da beijo abraço e põe chupeta nele, mas só as vezes. mas ela é bem boazinha com ele e não encomoda.


O Henrique é um anjooooo! dorme a noite inteira mama bastante, sorri toda hora e tem aquela carinha de "Eu te amo". aqui nessa foto ele já estava com 1 mês! super lindinho e ficando gordinho!


1º vez no avião, com 2 meses.



 3 meses

 Quase 4 meses!

bjos


quarta-feira, 27 de março de 2013

Contagem regressiva para o segundo filho...

Eu gosto tanto de escrever no meu bloguinho  mas com a gravidez e a lulu abandonei por falta de ânimo... já estamos na 36º semana e esta tudo bem e tranquilo, a gravidez foi tão tranquila sem nenhum problema, pude fazer tudo em casa e não precisei deixar de brincar e pular com a Luiza! estamos bem animados pra chegada do Henrique e já esta tudo pronto, não só as coisas pra ele mas fiz mudanças com a lulu, tirei da chupeta, depois das fraldas e agora ela dorme no quarto dela na cama!!! já arrumei o quarto das crianças e deixei as coisas do bebê bem amostra pra lulu se acostumar com o novo ambiente, e quando o Henrique chegar espero ter q lidar com menos "probleminhas" de adaptação. tb já fiz o chá de bebê, eu tava morrendo de medo de ninguém vir hehehe  só quem mudou de cidade sabe como é dificil se adaptar a uma cidade nova , ala nova, casa nova...enfim e quando se fica grávida e vc não tem nem a família nem os antigos amigos por perto a gente fica carente de vez e quando, e quando isso acontece é sempre bom ter alguém pra dizer que te entende e não te julgar! no final das contas a presidência da soc da minha ala se certificou de que as irmãs da ala viriam e até me fizeram um bolo lindo pro chá!!! eu fiquei tão feliz!!! me senti querida e especial. Agora com tudo pronto é só esperar até o dia 8 de Abril, vou me internar nesse dia e ver se poderemos induzir o parto ou se não der faremos a cesárea, programamos por causa da logística já que o parto vai ser em Curitiba e Tb por causa do Clexane, enfim será mais fácil  pra todo mundo...Bom é isso, estou ansiosa pro 2º filho, nem acredito! pq em um momento da minha vida achei q conseguiria ter só um agora já estou até pensando e programando o 3º hahaha

um bjo pra quem passa aqui!